Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

NOTÍCIAS

CDL de Criciúma se mobiliza e pede aumento no teto de faturamento de MEI’s, micro e pequenas empresas

Endossando o movimento realizado pela FCDL, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Criciúma, emitiu, na última semana, um ofício a todos os 16 deputados federais catarinense. Como objetivo, apoio ao projeto de Lei Complementar nº 108/2021, que altera a Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006.
Caso o projeto seja aprovado, os tetos de faturamento dos microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte aumentarão. Para quem é MEI, a receita bruta anual poderá ser igual ou inferior a R$ 144 mil. Já para os microempresários, a proposta é elevar de R$ 360 mil para R$ 869 mil. Pequenas empresas passariam de R$ 4,8 milhões para R$ 8,69 milhões.
O presidente da CDL, Tiago Marangoni, conta que o movimento realizado pela FCDL vem ao encontro da necessidade de desenvolver a economia, atualizando as tabelas de faturamento conforme o aumento da inflação. “Precisamos de políticas que favoreçam nossos empreendedores, que facilitem a ampliação dos seus negócios e que os motivem a continuar trabalhando. Passamos por um longo período de incertezas. Agora é hora da retomada, de nos agarrarmos às possibilidades e crescermos cada vez mais”, enfatiza.

COMPARTILHE:

Share on pinterest
Share on facebook
Share on twitter

Mais lidas

Dia dos Pais traz otimismo ao comércio de Criciúma

Pronampe abre nova rodada para investimentos

Lojistas se reúnem para debater atendimento de excelência

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Para mais informações sobre quais tipos de cookies você pode encontrar nesse site, acesse “Definições de cookies”. Ao clicar em “Aceitar todos os cookies”, você aceita o uso dos cookies desse site
Definições de cookies
whatsapp-icon

Publicar Vaga

Você precisar fazer login para enviar uma vaga de emprego.