Confira as medidas criadas pela Caixa, Badesc e BNDES para reduzir impactos econômicos nas empresas - Notícias

Página inicial Promoções Banco de Empregos Telefone/Fax(48) 3431.2100
  • Compartilhe nosso site

Notícias

Notícias da CDL

Confira as medidas criadas pela Caixa, Badesc e BNDES para reduzir impactos econômicos nas empresas 23 de março de 2020

Como forma de auxílio nesta fase econômica instituições como a Caixa, Badesc e BNDES estão realizando medidas para reduzir os impactos. Confira os benefícios oferecidos:

 

Caixa

 

Para pessoas físicas:

- Possibilidade de pausa de até 60 dias nas operações parceladas de crédito pessoal;

- Ampliação das linhas de crédito consignado, incluindo as linhas para aposentados e pensionistas do INSS com as melhores taxas do mercado. Redução de taxa de juros nas linhas de crédito pessoal;

- Disponibilização gratuita do cartão virtual de débito Caixa aos mais de 100 milhões de correntistas e poupadores, que possibilita compras online nos sites de e-commerce de forma prática e segura. O cliente pode habilitar o uso do cartão diretamente no Internet Banking CAIXA.

 

Para empresas:

- Apoio às micro e pequenas empresas, com redução de juros de até 45% nas linhas de capital de giro, com taxas a partir de 0,57% a.m.;

- Disponibilização de carência de até 60 dias nas operações parceladas de capital de giro e renegociação;

- Disponibilização de linhas de crédito especiais, com até seis meses de carência, para empresas que atuam nos setores de comércio e prestação de serviços, mais afetadas pelo momento atual;

- Linhas de aquisição de máquinas e equipamentos, com taxas reduzidas e até 60 meses para pagamento.

 

Badesc

 

Para empresas:

- Linha Badesc Emergencial será destinada especialmente para as micro e pequenas empresas afetadas pelos efeitos das medidas de combate ao coronavírus em Santa Catarina. Inicialmente serão aportados R$ 50 milhões, sendo possível a contratação de R$ 15 mil a R$ 150 mil.

- A carência será de 12 meses, onde nos primeiros seis meses o cliente não paga qualquer valor e nos seis meses sequentes paga somente juros. 

- Ampliação de crédito para os Microempreendedores Individuais, por meio do Programa Juro Zero. As operações terão limite máximo de R$ 5 mil.

 

BNDES

 

Para pessoas físicas:

- A transferência de recursos do Fundo PIS-PASEP para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), no valor de R$ 20 bilhões, a fim de possibilitar o saque extraordinário dos trabalhadores.

 

Para empresas: 

- Suspensão temporária do pagamento de parcelas de financiamento diretos para empresas no valor de R$ 19 bilhões, e de R$ 11 bilhões para financiamentos indiretos.

- Ampliação do crédito para micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) de R$ 10 milhões para R$ 70 milhões. Os empréstimos terão carência de 24 meses e prazo de 5 anos para pagamento.